Main Contents

Java Applets no Textmate

Por Marco Lopes em 2008

Quem frequenta esta blog, já se apercebeu certamente que tenho feito algum desenvolvimento em JAVA já que, apesar de não ser uma das minhas linguagens preferidas é a única forma que conheço de fazer applets para o browser.

Se por um lado não é impossível por-me a programar em JAVA, já utilizar aquele tipo de editor que demora mais a arrancar que o sistema operativo, é coisa que não me apanham a fazer, e como tal utilizo o Textmate.

Para compilar e testar as applets fiz dois comandos para o Textmate que me ajudam a desenvolver sem necessitar de sair do editor. O primeiro, compila o projecto todo, o segundo corre a applet. Para que estes comandos funcionem existem algumas exigências que têm que ser satisfeitas:

  • Tens que estar a trabalhar num projecto de Textmate ou ter aberto uma directoria
  • Tem que existir um ficheiro index.html com as tags para visualizar a applet
  • Tem que existir um makefile com as definições para as opções clean, all e install

O ficheiro HTML poderá ser semelhante ao seguinte exemplo:

 
<html>
<head>
<title>Ap</title>
</head>
<body>
  <applet code="ap.class" archive="ap.jar" width="50" height="50">
    (<font color="red">You need Java.</font>)
  </applet>
</body>
</html>
 

O Makefile poderá ser conter algo deste género:

 
all:
	javac -classpath ./ *.java
 
install:
	jar cfv poing.jar ./data  *.class
 
clean:
	rm -fr *.*~
	rm -fr *.class
	rm -fr *.jar
 

Comando para correr applets

O primeiro comando, corre um ficheiro HTML utilizando o appletviewer, por esse motivo coloquei-o dentro do bundle HTML. Para isso vai ao menu:

Bundle -> Bundle Editor -> Show Bundle Edito

Isto vai abrir o editor de bundles, e na lista de bundles escolhe HTML. De seguida clica no botão mais à esquerda, que tem um + ao lado de uma seta para baixo e escolhe New Command.

Bundle Editor

O comando está criado, agora escolhe um nome, eu chamei-o de View as Applet mas o nome é indiferente. Agora preenche os campos necessários para o comando funcionar.

Configure Command

No campo Save escolhe o valor Nothing que significa que nenhum ficheiro vai ser salvo quando o comando é corrido. Para o campo Input selecciona None para que nenhuma informação seja enviada para o comando. O Output é Show as HTML, isto faz com que a informação devolvida pelo comando seja mostrado como HTML numa janela própria para o efeito que o Textmate têm. Para o Activation escolhi o Key Equivalent e o shortcut maçã-alt-a. Convém ter cuidado para não escolher um shortcut que já esteja atribuído a outra funcionalidade. No Scope, como posso querer correr a applet a partir de um ficheiro .java, .html ou até mesmo do makefile, não escrevi nada. O mais importante aqui é, claro o Command(s) que tem o seguinte e simples conteúdo:

 
appletviewer $TM_PROJECT_DIRECTORY/index.html
 

Comando para compilar o projecto

De seguida fiz um comando que executa as três opções do makefile que eu costumo precisar, e que incluí alguma formatação para o output. Para isso vai de novo ao menu:

Bundle -> Bundle Editor -> Show Bundle Edito

Como os makefiles podem ser utilizados numa infinidade de projectos e linguagens diferentes, criei o comando no bundle Source, selecciona este bundle. De novo vai ao botão da esquerda, o tal que tem um + ao lado de uma seta para baixo e escolhe New Command. Eu chamei-lhe Make && Make Install, mas o nome, tal como no anterior, é indiferente.

Preenche os campos necessários para o comando funcionar. No campo Save escolhe o valor All Files in Project para que os ficheiros estejam todos salvos antes de compilar. Tal como no outro comando, para o campo Input selecciona None para que nenhuma informação seja enviada para o comando. O Output é Show as HTML, desta vez vamos até precisar de fazer alguma formatação e conversão para HTML de espaços e tabs. No Activation escolhi o Key Equivalent e o shortcut maçã-alt-c. O Scope, de novo fica vazio. Para o Command(s) o conteúdo agora é o seguinte:

 
cd $TM_PROJECT_DIRECTORY
echo "<font color='#FF0000'>-------- make clean -------</font><br>"
make clean 2>&1 | sed 's/$/\<br\>/' | sed 's/	/\&nbsp;\&nbsp;\&nbsp;\&nbsp;/g' | sed 's/ /\&nbsp;/g'
echo "<br>"
echo "<font color='#FF0000'>-------- make -------</font><br>"
make 2>&1 | sed 's/$/\<br\>/' | sed 's/	/\&nbsp;\&nbsp;\&nbsp;\&nbsp;/g' | sed 's/ /\&nbsp;/g'
echo "<br>"
echo "<font color='#FF0000'>-------- make install -------</font><br>"
make install 2>&1 | sed 's/$/\<br\>/' | sed 's/	/\&nbsp;\&nbsp;\&nbsp;\&nbsp;/g' | sed 's/ /\&nbsp;/g'
 

É importante notar que o caractér entre / que está a ser substítuido por 4 &nbsp; é o tab enquanto o que está a ser substítuido só por 1 é o espaço.

Agora é só abrir um projecto ou directoria e testar os comandos!

Permalink | Enviar post por email Enviar post por email | Desenvolvimento

Deixe o seu comentário


Feed