Main Contents

Primeiras experiências com o Octopress

Por Marco Lopes em 2012

Já passou praticamente um ano desde que me mudei para Londres, e finalmente decidi-me a fazer um post. Devido a grande parte das minhas relações actuais não falarem Português, decidi que vou começar a escrever em Inglês..., mas não se assustem, este blog vai-se manter em Português.

Acabei de instalar e configurar um blog em Octopress onde irei escrever em Inglês. Mas como tenho intenção de manter esse velho blog a funcionar, vou traduzir os posts relevantes para aqui e mantê-lo a funcionar. Vou também analisar o esforço necessário para migrar este blog para Octopress e eventualmente proceder com a migração assim que confirmar que não perco qualquer tipo de conteúdo que tenha aqui actualmente.

Recentemente, mudei as minhas aplicações web todas para um novo servidor, e troquei o mod_php pelo php-fpm, o que me levou a afinar a memória em uso por cada aplicação, e a concluir que um blog em wordpress consome muito mais memória do que o razoável para gerar uma página de blog. Para além disso, alguns plugins causam grandes aumentos no consumo de memória, e é também isso que acontece com este blog.

Por esse motivo, e pelo facto de que posso administrar o blog pela linha de comandos, o Octopress foi ganhando força até que me decidi a dar-lhe uma chance.

As primeiras impressões não são más, apesar de alguns contratempos na instalação. Levei algum tempo a instalar o Octopress, principalmente porque a documentação não é especialmente detalhada. Parte do pressuposto de que o utilizador tem um nível de experiência na instalação de aplicações em rubi, que eu simplesmente não tenho. Depois de seguir as instruções de instalação usando rvm, tinha o ruby 1.9.2 instalado, mas ao correr o rubygems obtinha o seguinte erro:

ERROR: Loading command: install (LoadError) no such file to load – zlib

Para ultrapassar este problema, demorei cerca de uma hora. Tentei compilar o ruby ​​com a path para a zlib a apontar para $rvm_path/usr, instalei a zlib via rvm e via apt, recompilando o ruby de seguida, mas nada disto resolveu o problema. A primeira pista para o que se estava a passar foi quando executei:

$ rvm

E obtive o seguinte output:

To install rbx and/or Ruby 1.9 head (MRI) (eg. 1.9.2-head), then you must install and use rvm 1.8.7 first.

Parece-me que isto é um problema que acontece somente no Linux, ou talvez mesmo só em Debian, o que provavelmente é a razão para não vir mencionado na documentação do Octopress. Instalar o Ruby 1.8.7, actualizar o rubygems e depois voltar para o Ruby 1.9.2, resolveu o problema.

Depois disto não houve mais nenhum problema durante a instalação ou configuração do Octopress.

Apesar de já ter ouvido falar Octopress antes, o motivo porque resolvi finalmente instalar um blog Octopress foi o post "Uses of git", por isso, definitivamente gostaria de ver uma estratégia de implementação puramente baseada em git, utilizando post-update hooks no servidor, ou algo do género.

Permalink | Enviar post por email Enviar post por email | Tech

Deixe o seu comentário


Feed